Entrega do Troféu Dom Quixote 

Entrega do Troféu Dom Quixote Na última terça-feira, 11 de agosto, estive no Rio de Janeiro (RJ) para a cerimônia de entrega do Troféu Dom Quixote, no Tribunal de Justiça. Fui o responsável por prestar a homenagem ao meu grande amigo jornalista Geraldo Pereira.

Entrega do Troféu Dom Quixote
Na última terça-feira, 11 de agosto, estive no Rio de Janeiro (RJ) para a cerimônia de entrega do Troféu Dom Quixote, no Tribunal de Justiça. Fui o responsável por prestar a homenagem ao meu grande amigo jornalista Geraldo Pereira.

 

Na última terça-feira, 11 de agosto, estive no Rio de Janeiro (RJ) para a cerimônia de entrega do Troféu Dom Quixote, no Tribunal de Justiça. Fui o responsável por prestar a homenagem ao meu grande amigo jornalista Geraldo Pereira.
O prêmio é oferecido pela revista Justiça e Cidadania aos profissionais da imprensa, comparando-os ao famoso personagem de Miguel de Cervantes, Dom Quixote de la Mancha.
Cervantes apresenta o protagonista da obra como um rebelde que fazia resistência a todos os tipos de problemas sociais em busca da cidadania.
Destaca-se assim, a importância de possuirmos em nosso país profissionais que lutam por uma imprensa livre, sendo esta tão fundamental para a democracia e a liberdade.

 

About the author: Protógenes Queiroz

Advogado (desde 1984) Procurador-Geral Municipal- SG/RJ (1989/1992) Delegado de Polícia Federal (1998/2015) Deputado Federal ( 2011/2015) Professor Universitário (desde 1988)

Resposta para Entrega do Troféu Dom Quixote

  1. Marat Calado

    AUG
    14
    DELEGADO PROTÓGENES QUEIROZ, ENTREGA TROFÉU DOM QUIXOTE (DA REVISTA JUSTIÇA E CIDADANIA) AO JORNALISTA GERALDO PEREIRA. Protógenes ficou conhecido nacionalmente durante o comando da Operação Satiagraha, desde seu início até o dia 14 de julho de 2008. Por meio dessa operação, investigou desvios de verbas públicas, crimes contra o sistema financeiro, corrupção e lavagem de dinheiro. Resultou na prisão, determinada pela 6.ª Vara da Justiça Federal em São Paulo, de vários banqueiros, diretores de banco e investidores, em 8 de julho de 2008, entre os quais Daniel Dantas, do Opportunity, além do ex-prefeito Celso Pitta e do investidor Naji Nahas. Apesar da projeção nacional, Protógenes foi afastado da investigação e acabou virando alvo de um inquérito da Polícia Federal, pois supostamente estaria utilizando irregularmente agentes da Agência Brasileira de Inteligência. Porém este fato já foi desmentido e Protógenes foi considerado inocente pelo Ministério Público Federal de São Paulo que não viu crime, nem nulidade, na participação da Abin na Satiagraha. Comentário do blog do Marat Calado: Mas, as dores de cabeça que adveio após essa ação, deixaram o delegado com aparente mágoa, por não receber o apoio merecido por parte de seus companheiros e do próprio governo.
    Postado em: 14:36, 13 de agosto de 2015 por Protógenes http://maratcalado.blogspot.com.br/

     

Adicionar um comentário


Últimas Notícias

“SE O ESPINHO NOS E DADO NÃO PODEMOS MAIS CALAR”

  Parafraseando… ” SE O ESPINHO NOS E DADO NÃO PODEMOS MAIS CALAR” O jornalista Paulo Henrique Amorim hoje ...

Facebook
Twitter