MINHA SOLIDARIEDADE ÀS FAMÍLIAS DOS TRÊS JOVENS JUDEUS ASSASSINADOS 

Imagem de Amostra do You Tube

Durante a sessão de quarta-feira, dia 2 de junho, da Câmara dos Deputados, assumi a tribuna para expressar minha solidariedade às famílias dos três jovens judeus barbaramente assassinados na Cisjordânia. Transcrevo a seguir trechos do meu discurso que pode ser visto e ouvido na íntegra no vídeo anexado:
“Ontem participei de um ato muito importante, em São Paulo, a convite do rabino Ventura da Federação Israelita de São Paulo e de Persio Bider, presidente da Juventude Judaica, no qual prestei solidariedade às famílias dos  estudantes Naftali Fraenkel, de 16 anos, Gil-Ad Shaer, também de 16 e Eyal Yifrah, de 19 anos sequestrados no dia 12 deste mês, na Cisjordânia, pelo Hamas quando voltavam da escola. Não eram soldados. Nem guerrilheiros. Fato inadmissível que eu quero deixar registrado aqui. Os corpos foram encontrados nesta segunda-feira perto de Hebron. Tudo indica que foram mortos a tiros, mas os corpos estavam carbonizados. Eu, que, como cristão e também defensor dos princípios do profeta Mohamed sou contra qualquer discriminação religiosa e étnica, assumo esta tribuna para protestar e me solidarizar com as famílias desses jovens judeus e também me solidarizar com jovens palestinos mortos durante as muitas guerras e batalhas do Oriente Médio. Os povos judeu, árabe e palestino não querem mais guerra, nós somos da cultura de paz: judeus, muçulmanos, cristãos, seguidores dos cultos de matriz africana, evangélicos convivem harmoniosamente em nosso país. Não vamos permitir que a cultura do terrorismo ou violência possa se propagar em nosso país. Repudiamos qualquer violência ou terrorismo. Não podemos mais conviver com essa cultura da guerra, do terrorismo, da intransigência dos governantes. Sou ativista da cultura de paz”

About the author: Protógenes Queiroz

Advogado (desde 1984) Procurador-Geral Municipal- SG/RJ (1989/1992) Delegado de Polícia Federal (1998/2015) Deputado Federal ( 2011/2015) Professor Universitário (desde 1988)

Adicionar um comentário


Últimas Notícias

“SE O ESPINHO NOS E DADO NÃO PODEMOS MAIS CALAR”

  Parafraseando… ” SE O ESPINHO NOS E DADO NÃO PODEMOS MAIS CALAR” O jornalista Paulo Henrique Amorim hoje ...

Facebook
Twitter