Barbosa não fez desfeita a Dilma 

dilma-e-jb

O presidente do Supremo Joaquim Barbosa chegou, nesta segunda-feira, ao Palácio Guanabara às 16h, aproximadamente, para a recepção oficial do Governo brasileiro ao Papa.

O Papa chegou uma hora e meia depois.

Durante uma hora, a pedido da Presidenta, as autoridades foram convidadas a ficar com ela na área VIP.

Durante uma hora, Joaquim Barbosa, o Governador do Estado e outras autoridades se cumprimentaram, conversaram e, num clima amistoso, se relacionaram.

Inclusive o Presidente Barbosa com a Presidenta Rousseff.

Que, aliás, tinham estado juntos, sexta-feira, no Palácio do Planalto.

Na hora dos cumprimentos ao Papa, o presidente do Supremo achou que não fazia mais sentido voltar a cumprimentar a Presidenta.

Presidenta que, aliás, o apresentou ao Papa com um largo sorriso, como demonstra a foto aí em cima.

Essas informações foram transmitidas ao ansioso blogueiro por Layrce de Lima, coordenadora de imprensa, da Secretaria de Comunicação Social do Supremo, que consultou Wellington Silva, Secretário de Comunicação Social do Supremo, que acompanhou Barbosa ao Rio, embora esteja de férias.

 

Navalha

Navalha

Não foi, portanto, uma desfeita, nem “Joaquim Barbosa ignorou a Presidente”, como pretende o Estadão, em comatoso estado.

O mais provável é que, quando se aproxima o momento de legitimar a Satiagraha e analisar o valeriodantas tucano, o presidente do Supremo tenha esgotado o “prazo de validade” fixado pelo PiG (*).

A propósito, clique aqui para ler sobre “a denúncia contra a Barbosa e a absolvição de Gilmar Dantas (**) – será uma forma de racismo?”.

Em tempo: não se deve menosprezar também a hipótese de o Estadão pretender demonstrar que todos ignoram a Presidenta. Como faz – enquanto vive – o PiG (*), sistematicamente.

 

 

Paulo Henrique Amorim

(*) Em nenhuma democracia séria do mundo, jornais conservadores, de baixa qualidade técnica e até sensacionalistas, e uma única rede de televisão têm a importância que têm no Brasil. Eles se transformaram num partido político – o PiG, Partido da Imprensa Golpista.

(**) Clique aqui para ver como um eminente colonista do Globo se referiu a Ele. E aqui para ver como outra eminente colonista da GloboNews e da CBN se refere a Ele. E não é que o Noblat insiste em chamar Gilmar Mendes de Gilmar Dantas? Aí, já não é ato falho: é perseguição, mesmo. Isso dá processo…

 

Fonte: Conversa Afiada

http://www.conversaafiada.com.br/brasil/2013/07/23/barbosa-nao-fez-desfeita-a-dilma/

Adicionar um comentário


Últimas Notícias

“SE O ESPINHO NOS E DADO NÃO PODEMOS MAIS CALAR”

  Parafraseando… ” SE O ESPINHO NOS E DADO NÃO PODEMOS MAIS CALAR” O jornalista Paulo Henrique Amorim hoje ...

Facebook
Twitter